17/07/2006

viva la vida

comme disait Picassio ou son oncle Tati.

vamos a isso prima, arrima! Os anjos vêm por aí, despidinhos sem roupas, sem sexos, coitadinhos, não sabem o que perdem! O meu anjinho Raphael que toma conta de mim passa o tempo a dizer-me que sou um rasca, uma peste, mas enfim, que fazer? foi deus que me quiz assim e os anjos, por muito amigos que eles sejam, nada têm a dizer diante do Grande Barbudo...

Nisto de barbudos hà por aí muito a dizer. Viva Zapata, mexicano mechireiro, zapateiro sem solas. Ochoa morto, nem os ossos ficaram. Guevara em pessoa se virou no buracão negro da historia.

A fazer a Historia iremos cagar nas sepulturas dos deuses, porque cà eu, em toda a simplicidade não preciso deles. O meu anjinho me chega. Coitadinho, ele é muito forte porque cada vez que preciso dele me bate à porta e pede licença para me dar uma judinha. Pois, quando estàs aflito é sempre agradàvel.

Mas deuses, nem de pedra, nem de latão, nada quero com eles. Porra!

01:51 Écrit par Joz dans Général | Lien permanent | Commentaires (1) |  Facebook |

Commentaires

Je ne comprends RIEN à ce que tu racontes, c'est bien dommage, parce que "viva la vida" et "viva Zapata", tu ne peux pas savoir comme ça me parle !!!
Un besito
Buenas noches

Écrit par : Frida | 17/07/2006

Les commentaires sont fermés.